Make your own free website on Tripod.com
canariosgoncalo
História
Home
Quem Sou
História
Canaril
Plantel 07
Contactos
Palmarés
Projectos
Notícias
Exposições
Raças de Canários
Foto Destaque
Fotos de Eventos
Galeria de Fotos
Dicas
Instalações
Alimentação
Saúde e Doenças
Reprodução
Genética
Artigos
Associações
Legislação
Sugestões
Links
Endereços Úteis
Outras Curiosidades

 

 

A primeira notícia sobre estas aves data por volta de 1402, onde nas Ilhas Canárias, na Costa Africana do Oceano Atlântico, foi encontrado o primeiro Canário.

 

Curiosamente, os romanos chamavam-nas de "Ilhas dos Cães" por serem habitadas por um tipo de raça de cães de grande porte.

 

Como era de se esperar, os romanos tiveram maior interesse em ferozes cães de guarda do que em pequenos pássaros cantantes. A palavra "canário" tem origem em "canis", ou cachorro, em latim.

 

O Canário Selvagem, ou Serinus Canarius, possui pouco mais de doze centímetros, é nevado, de cor verde acinzentada e com partes córneas escuras.

 

O macho apresenta faixas amareladas enquanto que a fêmea possui partes castanho acinzentadas.

A sua aparência é bastante similar à do canário verde comum.

 

Já no século XV (desde 1478), tem-se notícias de canários sendo criados como animais de estimação na Europa, mas somente em 1709, foi publicado o primeiro livro exclusivamente sobre esses pássaros.

 

O autor, Hervieux de Chanteloup, já relacionava vinte e nove qualidades distintas pela cor da plumagem.

 

Ainda hoje, porém, pode-se encontrar o Canário Selvagem nas Ilhas Canárias, Açores e Cabo Verde.

Muito utilizados pelos marinheiros como animal de estimação, os Canários conquistaram a Europa e o Mundo rapidamente.

Antes da Revolução Industrial era comum a manutenção de Canários pelos artesões nas oficinas e lojas, como forma de entretenimento.   

Essa prática de manter os Canários no local de trabalho foi adoptada também pelos mineiros de carvão, que os utilizavam como alarme, pois caso estes morressem dentro da mina era sinal de que havia vazamento de gás.

Actualmente existem 4 agrupamentos de Raças de Canários: Canários silvestres, Canários de cor, Canários de canto e Canários de porte ou postura.

 
O Mundo Maravilhoso do Canário
Canaril Gonçalo Rocha Santos